Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal

LICENÇA, O Pai vai Passar

Publicado em: 12/08/2016
Veiculo: Revista Trip

Por Madson  de Morais

Renato Maria se lembra da conta que fez com a esposa num feriado: foram 50 fraldas sujas, 46 mamadas, 36 mamadeiras usadas, 12 trocas de roupas e seis banhos dados nas gêmeas nascidas no ano passado. Quem não tem filhos, ou não está acostumado a esse tipo de rotina, se assusta com o volume de tarefas. Mas essa é a vida das mães de recém-nascidos em licença maternidade. A diferença é que, na casa de Renato, ele também estava lá para assumir as novas funções. Ele trabalha na sede brasileira do Facebook, empresa que há poucos meses estendeu a licença-paternidade para quatro meses, direito de todos seus funcionários ao redor do mundo.

“Esse era um benefício que sempre me interessou. Fiquei muito feliz quando os funcionários do Brasil também ficaram elegíveis aos quatro meses”, diz. Renato conta que esse tempo em casa o ajudou a conhecer a personalidade de cada uma das filhas e que o mais legal foi ver a esposa retomar a carreira. “Como ela é autônoma, ficava difícil, nesse começo, abrir mão dos momentos com as meninas para dedicar tempo ao trabalho. Durante o período da minha licença, ela voltou a marcar reuniões e viagens. O tempo que passei dedicado à família foi essencial para ela a retomar a sua carreira”, conta. 

 

 Comentários

 
Nenhum comentário para esta página.
 

 Acervo Relacionado

 
 

 Assine nosso Boletim

 
Seu Nome:
Seu E-mail:
Sua Área de Atuação: