1. Home
  2. News
  3. O Nenê do Zap agora é Nelson Neto, o Nenê e vai além dos apps para falar de primeira infância

O Nenê do Zap agora é Nelson Neto, o Nenê e vai além dos apps para falar de primeira infância

Criado pela Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, influenciador pela primeira infância ganha canal no YouTube e apresenta sua história ao público

Published on 5/31/2022 1:00,
by Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal

Apresentação do Nelson, o Nenê
 

Em 2020 surgiu no WhatsApp um bebê que conversava com as mamães e cuidadores sobre a importância do afeto e das interações para o desenvolvimento infantil, o Nenê do Zap. Nascido na mesma época da pandemia, o personagem logo passou a auxiliar também as famílias no enfrentamento da Covid-19, com dicas sobre prevenção do vírus.

Agora, aos 2 anos de vida e com uma audiência cada vez mais cativa nas redes sociais, o Nenê ganha um nome e passa a se chamar Nelson, o Nenê. Com o batizado, Nelson ganha status de influenciador e um canal no YouTube, cujo objetivo é disseminar informações sobre como a brincadeira e a conversa são vitais para o aprendizado e o desenvolvimento socioemocional dos pequenos.

Fruto de uma parceria da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal com a UNESCO - Organização das Nações Unidas para a Educação a Ciência e a Cultura -, Nelson, o Nenê é uma iniciativa que dá suporte às famílias brasileiras no cuidado com as crianças pequenas.

“Uma das metas da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal é desenvolver iniciativas de apoio aos cuidadores e contribuir para que suas ações impactem positivamente a primeira infância”, justifica Mariana Luz, CEO da Fundação. “Que o projeto do Nelson, o Nenê possa ampliar o alcance dos conteúdos abordados, apoiando as famílias mais vulneráveis e fortalecendo o mantra: o que se vive na primeira infância tem impacto na vida toda”, completa a executiva.

Além do recém-criado canal do YouTube e do WhatsApp, Nelson está presente no Instagram e Facebook. São mais de 6 milhões de pessoas por mês recebendo dicas e informações sobre a primeira infância em todo o país. E a ideia é expandir ainda mais o projeto.

Segundo Juliana Prates, psicóloga especialista em Desenvolvimento Infantil, pesquisadora UFBA e consultora do Nenê, a função principal do Nelson é apoiar os cuidadores porque é preciso cuidar de quem cuida. “Uma das bases primordiais do desenvolvimento da criança é a interação de qualidade com seus cuidadores e com o ambiente. Conversar com o bebê e a criança pequena, acompanhando de perto seu crescimento é ampliar as possibilidades do desenvolvimento integral na primeira infância", defende a especialista.

O Nenê nasceu com o foco de estimular conversas e interações entre as crianças e seus cuidadores. Com a pandemia da Covid-19 ele passou a incluir dicas práticas de cuidado e higiene, além de conteúdos que reforçavam a importância da conversa com nenês e crianças para promover a conexão e a saúde emocional no contexto de distanciamento social. Em 2021, ofereceu apoio e dicas sobre o retorno presencial nas atividades.

Para Marlova Noleto, diretora e representante da UNESCO no Brasil, apoiar o projeto do Nelson, o Nenê é uma forma de levar mensagens de apoio às famílias, educadores e cuidadores em um contexto difícil. “Em um momento no qual o mundo sofre com a disseminação de desinformação, é um privilégio poder oferecer à sociedade uma fonte de informações seguras e acessíveis, por meio da qual pais e responsáveis possam obter mais conhecimento sobre como investir no desenvolvimento de suas crianças”, conclui.

A história do Nelson pode ser conferida nesse vídeo: