1. Home
  2. Biblioteca
  3. Menos telas, mais saúde: a criança de zero a três anos e o mundo digital

Menos telas, mais saúde: a criança de zero a três anos e o mundo digital

Publicado em 01/12/2019

Este material está disponível gratuitamente para você ler ou fazer o download para imprimir ou compartilhar.

Download do material
Durante a quarentena imposta pela pandemia de Covid-19, muitos pais estão relatando aumento no tempo que as crianças passam em frente a computadores, celulares e tablets. Só que o uso constante e prolongado de telas eletrônicas pode prejudicar o desenvolvimento infantil e ter consequências a longo prazo.

Na primeira infância, o que mais preocupa é a distração passiva, quando a tela é usada para que a criança “fique quietinha”, muito diferente do brincar livre, que é um direito essencial no início da vida. É o que destaca a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) no documento abaixo. Para a entidade, menores de dois anos não deveriam ser expostos às telas por nenhum período. Veja as demais recomendações no texto, disponível na íntegra.



*Conteúdo publicado originalmente no site da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP)

Este material está disponível gratuitamente para você ler ou fazer o download para imprimir ou compartilhar.

Download do material

Conteúdo Relacionado