1. Home
  2. Biblioteca
  3. O brincar nas favelas brasileiras

O brincar nas favelas brasileiras

Publicado em 18/05/2022

Este material está disponível gratuitamente para você ler ou fazer o download para imprimir ou compartilhar.

Download do material

Durante a pandemia, o Instituto Data Favela conduziu pesquisas quantitativas e qualitativas com mães de crianças na primeira infância para conhecer o dia a dia destas famílias.

Nos primeiros anos de vida, o brincar é considerado uma das principais ferramentas de aprendizado e desenvolvimento. O isolamento social, no entanto, não levou os cuidadores a participarem mais ativamente das brincadeiras, revela a pesquisa. Para metade das mães ouvidas, a pandemia tornou o tempo para brincar com as crianças ainda mais escasso.

Sendo assim, 88% das famílias recorreram às telas quando não tinham disponibilidade para estar com as crianças. Como os pediatras ressaltam, o excesso de telas na primeira infância e a falta de brincadeiras podem afetar o desenvolvimento social, psicológico, físico e emocional das crianças.

O relatório também trouxe à tona a falta de espaços para brincar nas favelas: apenas 29% das mães contavam com um parquinho em sua comunidade, por exemplo. Além disso, brincar fora de casa nas favelas também implica uma série de medos e receios, como o da violência urbana.




Este material está disponível gratuitamente para você ler ou fazer o download para imprimir ou compartilhar.

Download do material

Conteúdo Relacionado