1. Home
  2. Biblioteca
  3. Primeiríssima Infância - Interações na pandemia

Primeiríssima Infância - Interações na pandemia: Comportamentos de pais e cuidadores de crianças de 0 a 3 anos em tempos de Covid-19

Publicado em 14/06/2021

Este material está disponível gratuitamente para você ler ou fazer o download para imprimir ou compartilhar.

Download do material
O estudo "Primeiríssima Infância – Interações na Pandemia: Comportamentos de pais e cuidadores de crianças de 0 a 3 anos em tempos de Covid-19", lançado pela Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, teve o objetivo de investigar de que maneira a chegada do novo coronavírus afetou as dinâmicas familiares de cuidado e desenvolvimento da criança pequena, bem como a percepção de pais e responsáveis sobre a relação com as crianças, no período de março a dezembro de 2020.

Realizado pela Kantar Ibope Media a pedido da Fundação, este novo estudo nasceu de forma inusitada, como um desdobramento de uma pesquisa que realizamos em dezembro de 2019 - e que foi lançada em 2020, em conjunto com a Porticus América Latina -, para mapear os hábitos e atitudes dos adultos de referência de crianças na faixa etária de 0 a 3 anos. Ainda não se falava em Covid-19 naquela época e nossa sondagem tornou-se o marco zero ideal para esta nova investigação, agora centrada nas mudanças vividas pelas famílias.

Entre os achados, o levantamento apontou que os pais tiveram de buscar novos arranjos para cuidar dos filhos, com tios e tias assumindo posição de evidência; sentimentos de sobrecarga das mães na classe D; aumento no tempo de convivência de pais e mães com os filhos durante a pandemia (especialmente nos segmentos de classe e educação mais elevados); e regressão no comportamento das crianças.

A amostra da pesquisa reuniu 1.036 entrevistados das classes A, B, C e D. Os participantes responderam a um questionário estruturado, abordando quatro esferas: o espaço familiar, a rede de apoio, aspectos ligados ao trabalho de pais e mães e o acesso a serviços básicos de educação, saúde e assistência social.

A coleta das informações aconteceu em março de 2021 e os dados foram aprofundados por reflexões da consultoria Conhecimento Social, especializada em desenvolvimento infantil, e especialistas das áreas de pediatria e de psicologia. O resultado dessa análise você confere na abaixo.

Este material está disponível gratuitamente para você ler ou fazer o download para imprimir ou compartilhar.

Download do material

Conteúdo Relacionado