Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal

A Fundação

 

Atuamos em rede para promover o desenvolvimento integral da criança e, para isso contamos com parceiros que geram e contribuem para a articulação de ideias e projetos, disseminação de conhecimento e desenvolvimento de políticas públicas e projetos de impacto na infância.

A atuação, há 50 anos, baseia-se em uma governança que busca seu aprimoramento constante e melhores práticas, avaliação e monitoramento, contribuindo assim para disseminar a causa da primeira infância e provocar mudanças sistêmicas, aquelas que envolvem diferentes atores e esferas da sociedade, trazendo transformações com impactos reais, escaláveis.

É preciso desenvolver a criança para desenvolver a sociedade.

Nossos valores

Compromisso

Nosso compromisso é com a causa, com a instituição e com o crescimento pessoal e profissional. Temos paixão e orgulho pelo que fazemos.

Transparência

Conduzimos nossas atividades e relações de forma íntegra e transparente. Não toleramos qualquer descumprimento de nossas políticas.

Equipe

Trabalhamos em equipe de forma integrada e dinâmica. Nossos colaboradores são pessoas preparadas, eficientes, flexíveis e alto astral.

Parceiros

Valorizamos o trabalho em rede, sempre envolvendo parceiros e pessoas diferentes para somar esforços na construção de soluções efetivas.

Resultados

Orientados por melhores práticas, avaliação e monitoramento constantes, buscamos resultados a partir de metas preestabelecidas.

​​​​​​​​​​​​
Linha do Tempo

Conheça nossa história

  • Evolução

    A Fundação completa 50 anos realizando importantes mudanças internas e criando novos mecanismos de governança. A Comunicação reforça o seu papel estratégico, e surge o Escritório de Avaliação e Projetos com objetivo de elevar o nível de maturidade da gestão estratégica do portfólio de programas e projetos da Fundação.

    Comemorações pela transformação do programa São Paulo Pela Primeiríssima Infância em Política Pública no Estado.

    Série de TV “Quando Tudo Começa”, produzida em parceria com o Discovery Channel e série de cadernos especiais sobre o Desenvolvimento na Primeira Infância, produzidos em parceria com o jornal Folha de São Paulo;

    Lançamento da publicação “Fundamentos da Família como Promotora do Desenvolvimento Infantil - Parentalidade em Foco”;

    O NCPI realiza também o V Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância.

  • Orientação

    Lançamento do estudo “O impacto do desenvolvimento na Primeira Infância sobre a aprendizagem”, publicado neste ano, é o primeiro de três edições de uma coleção elaborada pelo Comitê Científico do Núcleo Ciência pela Primeira Infância (NCPI).

    O Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância recebe o Prêmio Alas/BID, concedido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento na categoria Best Innovation Award. Também leva o primeiro lugar no IV Fórum Estadual de Promoção da Saúde.

    O NCPI realiza também o IV Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância.

  • Ampliação

    A Fundação fortalece sua parceria com a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES/SP) no Programa Primeira Infância, e dá origem ao Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância (SPPI), abrangendo nesta etapa 41 municípios em mais 4 regiões do Estado.

    Início da parceria com a Grand Challenges Canadá - Saving Brains, edital que busca iniciativas inovadoras em todo o mundo que contribuam para o desenvolvimento no início da vida, com foco na solução de grandes desafios dentro do tema.

    O NCPI realiza o III Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância.

  • Sintetização

    Definição dos três eixos de atuação, que potencializam o trabalho da Fundação: Articulação, Gestão do Conhecimento e Práticas.

    Realização, pelo NCPI, do II Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância e expansão do Programa Primeiríssima Infância para mais oito municípios.

  • Tradução

    O Núcleo Ciência pela Primeira Infância (NCPI) é estruturado, em parceria com o objetivo de traduzir o conhecimento científico para uma linguagem mais acessível à sociedade.

    Para sua criação, a Fundação conta com os parceiros: Center on Developing Child (CDC) e David Rockefeller Center for Latin American Studies (DRCLAS), ambos da Universidade de Harvard, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e o Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper).

    Neste ano, foi realizado também o I Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância, além da exibição da série “Nota 10 Primeira Infância – 0 a 3 anos”, em parceria com a Fundação Roberto Marinho, veiculada no Canal Futura.

  • Cooperação

    Formada a parceria para cooperação científica com a FAPESP para o lançamento de editais de pesquisas nas áreas relacionadas à primeira infância.

    Realização do IV Workshop Internacional de Desenvolvimento Infantil, aberto pela primeira vez ao grande público, com a participação de 170 pessoas.

  • Disseminação

    São estabelecidas nova missão e visão da Fundação Maria Cecilia, incorporando como estratégias a geração e disseminação de conhecimento e as práticas.

    Expansão do Programa Primeiríssima Infância e realização do III Workshop Internacional de Desenvolvimento Infantil.

  • Implementação

    Nasce o Programa Primeiríssima Infância, em parceria com municípios do Estado de São Paulo, um projeto intersetorial a ser implementado nas redes de atendimento a gestantes e crianças de até três anos.

    No futuro, a iniciativa passará a se chamar Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância. Realizado ainda o II Workshop Internacional de Desenvolvimento Infantil.

  • Desenvolvimento

    A Fundação Maria Cecilia se aproxima da causa da primeira infância, especialmente após o Prof. Dr. Saul Cypel, neuropediatra e parte do Conselho de Curadores, apresentar um consistente projeto científico sobre o tema.

    A partir daí a Fundação começa a se dedicar oficialmente à promoção do desenvolvimento da primeira infância.

    Realizado o I Workshop Internacional de Desenvolvimento Infantil.

  • Renovação

    Membros da segunda e terceira gerações da família Souto Vidigal passam por uma preparação para a retomada da Fundação, por meio de capacitações intensas e o estabelecimento do estatuto e do modelo de governança.

    A Fundação Maria Cecilia se adapta às novas demandas da sociedade, com atuação em projetos nas áreas da educação, saúde e meio ambiente.

  • Reflexão

    O Brasil passa a ter outros laboratórios dedicados à hematologia e hematoterapia, então têm início as reflexões sobre um novo foco de atuação para a Fundação.

  • Informação

    Nessa época, a AIDS era um tema ainda desconhecido da grande população. A Fundação Maria Cecilia destaca-se realizando palestras corporativas para esclarecer questões a respeito do tema e conscientizar profissionais. Desde cedo, nasce o objetivo de traduzir o conhecimento científico para melhor disseminar as informações importantes sobre temas relacionados à hematologia.

  • Educação

    A Fundação Maria Cecilia realiza cursos sobre hematologia e constitui uma biblioteca especializada no Laboratório Maria Cecília Souto Vidigal. Essas conquistas foram lideradas pelo então diretor científico da Fundação, Dr. Michel Jamra.

  • Criação

    Após o falecimento de sua primogênita, aos 13 anos, Gastão Eduardo e Maria Cecília Souto Vidigal decidem criar a Fundação com o objetivo de incentivar pesquisas na área da hematologia. Já neste ano, foi estabelecida uma parceria com a Escola de Medicina da Universidade de São Paulo, para ampliar as pesquisas e a disseminação do conhecimento nesta área.