1. Home
  2. Notícias
  3. Universidade de Columbia oferece bolsas para reportagens sobre primeira infância e pandemia

Universidade de Columbia oferece bolsas para reportagens sobre primeira infância e pandemia

Apoiado pela Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, programa de fellowship para jornalistas investirá US$ 1,5 mil em cada projeto selecionado, focado nos efeitos da pandemia sobre o desenvolvimento infantil

Publicado em 22/01/2021 21:00,
por Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal


O Dart Center for Journalism and Trauma, um projeto da Escola de Jornalismo da Universidade Columbia, em Nova York, está lançando um fellowship virtual para profissionais sediados no Brasil, Venezuela e Colômbia, cujo foco serão os efeitos da pandemia do novo coronavírus no crescimento, desenvolvimento e bem-estar das crianças.

Qualquer jornalista que viva e trabalhe nestes países da Améria Latina poderá se inscrever para o projeto, que ocorrerá de 15 de março a 31 de agosto de 2021. Serão aceitas propostas de reportagem única, série de reportagens, longas narrativas ou matérias de investigação nos formatos impresso, online ou audiovisual. O programa será conduzido em português e inglês e, por isso, os candidatos devem ser fluentes em ao menos uma dessas línguas.
 

As inscrições serão aceitas até às 19h do dia 9 de fevereiro de 2021
 

Desde o ano passado, a Covid-19 impôs estresse adicional às crianças e aos seus responsáveis – especialmente aqueles que vivem em ambientes de adversidade econômica e social –, com o afastamento das estruturas educacionais e do contato com professores, muitos sem instrução (acadêmica, social e emocional), numa situação crítica para o desenvolvimento cerebral, da boa saúde e do bem-estar das crianças.

“A pandemia também trouxe dificuldades para que os jornalistas exerçam cobertura desses problemas, tornando inviável viajem para workshops e adicionando riscos à reportagem in loco. No entanto, a demanda pelo trabalho jornalístico não foi reduzida ou eliminada: a necessidade de cobertura, esclarecimentos e análises que os meios de comunicação fornecem só cresceu”, avalia o Dart Center. 

Cada fellow receberá uma bolsa de US$ 1,5 mil para investir em seu projeto. Além disso, os fellows terão o acompanhamento de uma experiente tutora e deverão participar de webinários mensais com especialistas nos campos de ciência, educação, saúde pública e jornalismo.

Apoiado pela Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal (Brasil), Bernard van Leer Foundation (Holanda), Jacobs Foundation (Suíça) e The Two Lilies Fund (Estados Unidos), este projeto de fellowship integra a "The Early Childhood Reporting Initiative: Covering Trauma, Resilience and the Developing Brain" (Iniciativa de reportagens na primeira infância: cobrindo trauma, resiliência e desenvolvimento cerebral, em português), programa permanente de treinamento do Dart Center para melhorar a cobertura do desenvolvimento na primeira infância ao redor do mundo.

Para saber mais sobre os mentores, critérios de seleção e ter outras informações, acesse a página do Dart Center.