1. Home
  2. Participe
  3. Empresas
 
Toda empresa tem potencial de ser aliada da primeira infância. Mas ainda falta engajamento e entendimento da importância desta causa. 

Acreditamos que é possível mudar esse cenário. Para isso, nós da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, em parceria com a United Way Brasil, apoiamos a iniciativa do instituto Great Place to Work (GPTW)  maior autoridade mundial em avaliar a qualidade do ambiente de trabalho — de medir, pela primeira vez, quão amigáveis as empresas são com a primeira infância.

Confira abaixo o ranking de 2019, com seis organizações que foram além para adotar práticas que colocam em primeiro lugar o bem-estar das crianças e das famílias, buscando um ambiente que proporcione condições para que os funcionários possam focar em criar seus filhos com tempo, amor e dedicação. Um ambiente em que os responsáveis por uma criança não tenham de trabalhar como se não tivessem filhos, escondendo suas necessidades de, por exemplo, adaptação de horários, de disponibilidade e até financeira. 

O resultado desse investimento, sabemos, são famílias em que as crianças podem crescer com um vínculo forte com seus cuidadores, desenvolver todo seu potencial e se transformar em cidadãos mais preparados e mais realizadores. É, portanto, uma contribuição significativa para toda a nossa sociedade.
 
 
 

 


No universo das 150 melhores empresas para trabalhar, há avanços, como o aumento em 10% na oferta de licença-maternidade e licença paternidade entre 2017 e 2018 (1).  

Ainda assim temos um longo caminho a seguir, não só em termos de oferta de políticas empresariais para valorizar e apoiar mães, pais e cuidadores, mas também na adesão dos funcionários.

Apenas 13% das empresas certificadas pelo Great Place to Work Brasil (2) em 2019 relataram alguma prática de atenção à primeira infância. Além disso, no Brasil, por exemplo, 27% dos homens não tiram nenhum tempo de licença (3), apesar da legislação prever este direito. Além dos 5 dias de licença-paternidade remunerada, os pais são elegíveis a 15 dias adicionais desde 2016, como previsto no Marco Legal da Primeira Infância para o programa Empresa Cidadã.  

(1) Ranking das 150 Melhores Empresas para Trabalhar pelo Great Place to Work Brasil, 2019.  
(2) Empresas com mais de 30 funcionários certificadas pelo Great Place to Work Brasil que responderam às perguntas sobre práticas internas de atenção à primeira infância, 2019. 
(3) Helping Dads Care Research Project, 2019.  


A sua empresa já possui uma política de benefícios diferenciada, que impacta positivamente o desenvolvimento das crianças e de seus cuidadores?

Queremos conhecer suas iniciativas! Conte pra gente clicando aqui
 

Bons exemplos devem ser divulgados; boas ideias, replicadas; boas práticas disseminadas. A primeira infância agradece. 

Se a sua empresa quer ajuda para saber por onde começar, confira relatos das empresas que se destacaram em 2019 e baixe o guia  Aposte na Primeira Infância

Veja como contornar empecilhos para implementar tais práticas e entenda quais os benefícios - não apenas para os funcionários, mas também para a própria organização.  



 
 


CEOs e suas infâncias


Leia os depoimentos dos executivos a seguir sobre as experiências que viveram na primeira infância e que consideram fundamentais para a construção de quem são hoje.
 
 

Parceiros


Conteúdos selecionados para você