1. Home
  2. Participe
  3. Imprensa


Uma imprensa sensível ao tema da primeira infância é um motor para as transformações sociais que queremos. Nosso papel é ajudar essa engrenagem a girar, com informações e programas de capacitação que colaborem para a ampliação da qualidade e cobertura da temática da primeira infância em todas as suas instâncias.

Isso é possível com uma atuação coesa, que amplifica e fortalece a capacidade de cobertura de jornalistas e redações que já atuam com a temática e potencializa iniciativas que trazem mais e novas pessoas comprometidas com as infâncias.

Essa atuação da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, que propicia maior sensibilização e conscientização da sociedade sobre os primeiros anos de vida, acontece em três frentes, que se complementam entre si:
  1. Apoio financeiro a entidades de classe jornalística que fortalece o tema da primeira infância dentro das redações e na opinião pública;
  2. Formação e capacitação em programas de fellowship que aliem produção de conhecimento em jornalismo e primeira infância à construção de uma rede qualificada de profissionais aptos a pautar essas temáticas;
  3. Transferência direta de recursos a veículos, agências e coletivos periféricos que ampliem a cobertura e a compreensão de temas relevantes para as crianças pequenas destes territórios, bem como para o fomento a iniciativas que fortaleçam o ambiente da primeira infância nas regiões mais vulneráveis.


Apoio institucional

Patrocínio à Associação de Jornalista de Educação (Jeduca), que tem como missão auxiliar e fortalecer a cobertura dos temas educacionais pela imprensa. Entre as ações que esse apoio possibilita estão a realização anual do Congresso Internacional de Jornalismo de Educação, com mesas e oficinas dedicadas à educação infantil; promoção de webinários e cursos voltados ao fortalecimento do tema na opinião pública; além da produção de um guia de cobertura da educação infantil.


Apoio e fomento ao jornalismo periférico

Nós Mulheres da Periferia: patrocínio a uma série de conteúdos jornalísticos sobre primeira infância, cuidado e maternidade produzido pelo Nós Mulheres da Periferia, site jornalístico independente dedicado a repercutir a opinião e a história de mulheres negras e periféricas. Seu compromisso é oferecer um outro jeito de ver os acontecimentos no Brasil e no mundo e contribuir para a construção de uma sociedade plural e diversificada.


Programas de fellowship

  • Énois: realização do curso Jornalismo e Território – formação sobre questões da primeira infância para jornalistas e comunicadores locais, produzido pela Énois, agência-laboratório jornalístico que trabalha para impulsionar diversidade, representatividade e inclusão no jornalismo brasileiro. Esse programa impactou diretamente 120 comunicadores periféricos, de periferias de todas as regiões do Brasil, com 30 horas de formação e produção de conteúdo jornalístico.

  • Lab Nexo de Jornalismo Digital: oficina virtual para treinar jovens jornalistas ou recém-formados em primeira infância e desigualdades. Promovida pelo Nexo, com apoio da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, o compromisso da oficina é, sobretudo, desenvolver capacitação temática para fortalecer o campo jornalístico e, ao mesmo tempo, proporcionar aos leitores novos conteúdos sobre o tema selecionado e seus desdobramentos.

  • Dart Center for Journalism & Trauma: projeto em parceria com a Columbia Journalism School capacita jornalistas mundo afora para melhorarem a cobertura de assuntos relacionados ao desenvolvimento da primeira infância e de traumas na infância. O projeto foi criado para construir um quadro de jornalistas em todo o mundo que possuam conhecimento, motivação e as conexões para realizar reportagens profundas e sustentadas sobre tópicos da infância. Foi um sucesso: até aqui aproximadamente 125 jornalistas de todo o mundo foram formados em aulas com especialistas nas mais variadas interfaces relacionadas à primeira infância.




Parceiros na capacitação de jornalistas



Conteúdos selecionados para você